15 de janeiro de 2012

somedays just ain't so easy

Todas as pessoas passam por dias desagradáveis,tediosos e nebulosos.Essa é a mais pura verdade. Talvez tudo começa de repente,você acorda com o braço adormecido porque dormiu em cima,ai você levanta e bate o filho da puta do dedinho do pé no batente da porta e pronto,o dia já ta uma merda.E ai você espera a manhã passar na expectativa de tudo melhorar depois do almoço,e o resultado é o pior possível,tudo isso porque quando você menos espera um temporal chega do nada,e então a puta da energia acaba,e única coisa que resta para fazer é ler à luz de velas,mas você lembra que NÃO tem velas na sua casa,e ai você fica mais nervosa.E tudo que já estava dando errado começa a dar mais errado ainda,se é que isso é possível.E então o que você faz?? Você dorme,exatamente isso,você deita e dorme na esperança de que quando acordar o dia tenha acabado.E como tudo é um ciclo vicioso,você acorda novamente, e sem mais nem menos tudo começa a dar certo,todos os parafusos se encaixam perfeitamente e o dia já não é tão complicado e obscuro,porque a vida é assim,cheia de altos e baixos com quedas inesperadas e tempestades em copos de água.

4 comentários:

Preguiça alheia disse...

Parabéns pelo blog... show de bola!!

Depois acessa o meu e se gostar clica em curti:

Link direto para curti no facebook:
https://www.facebook.com/pages/Pregui%C3%A7a-Alheia/213940155294064

Abraço,
PREGUIÇA ALHEIA.
_________________________
http://www.preguicaalheia.com

Luiz Guilherme disse...

é..sempre existem dias ruins em nossas vidas, mas é isso: sempre a de vir dias bom depois de dias nebulosos.

http://guilg7.blogspot.com/

vlw...

flicts disse...

O chato é quando esses dias nebulosos começam a substituir os dias bons... mas é, o jeito é esperar, que uma hora ou outra as coisas voltam a dar certo :)

Amanda disse...

Gosti... coincordo mt com o post, temos mesmo aqueles dias insúportáveis em que todos te amolam e vc se esente estranha, sem graça! Mas o lado bem é que passa, não diria tudo, mas a maioria das coisas passam.

Postar um comentário