18 de abril de 2011

Fear.

O que é o medo? Será que é algo voluntário ou involuntário? Penso que o medo é algo que chega sem ser ao menos notado,sem fazer barulho,ele nem bate na porta e já vai entrando sem perguntar se é bem vindo.Ele entra se apodera da mente e fica pro lá,brincando enquanto assusta e machuca.Mas como todas as coisas ele tem seu lado positivo.Quando o medo perde a batalha ele te ensina como ser mais corajoso,como enfrentar os problemas de frente,[...]ele te ensina a ser mais forte.

6 comentários:

Guilherme Augusto disse...

O medo é quando nos sentimos incapazes em sair de uma situação.

Urbano disse...

Muito cuidado: O medo leva à raiva. Raiva leva ao ódio. O ódio leva ao sofrimento. E o sofrimento leva ao lado sombrio da força! O último cara que sucumbiu acabou dependente de uma roupa preta cobrindo o tempo todo e um respirador artificial... se bem que a voz ficou maneira! Ouça o Yoda...

@samylesousa disse...

Lindo demais esse texto, acho que o medo de certa forma apenas atrapalha, a não ser quando nos ensina que devemos ser corajosos, pois se vivermos com medo a vida não teria graça nem sentido algum...

http://agarotaperfeitatemdefeitos.blogspot.com/

Bjoo's

Wlisses Freitas disse...

Curti o texto, e o blog também.
P/ mim acho que medo é quando nos sentimos totalmente sem reação diante de algo.

Abraço e sucesso com o blog.

Alex Azevedo Dias disse...

O medo chega lá de mansinho, vai ao pé do ouvido de fininho e dá um berro!! aaaaaaa.... Assustada, a vítima do medo adquire forças e o espanto, fazendo do medo, a vítima de si. Abraços...

Guilherme Prado Souza disse...

Ahhh o otimismo... Belo, mas, pra mim, utópico d+!
Beijos

limbosocial.blogspot.com

Postar um comentário