3 de setembro de 2012

E que haja poesia

 Só peço por mais calma amor,uma dose de alegria e menos dor;
Por favor não me deixe aqui,
a gente combina tão bem assim de ladinho assim de frente assim juntinho.
Mas não me venha com meias melodias e linhas de
poesia,pois da onde eu vim além do mar só a imensidão me basta,
e tudo anda assim soltando riso e cantando á toa;
portanto se for pra voltar faltado partes,por favor voa.

11 comentários:

diego mathias nunes disse...

Nossa, muito bonito seu blog
gostei do layer dele.
sucesso pra vc coleguinha.
*COM FORÇA

http://quecookievocequer.blogspot.com.br

Amanda disse...

Foi vc que escreveu Mari? Nossa, muito boa *-*

Guru do Metal disse...

poesia bonita com dose de atitude.

Dani disse...

Me segue de volta, flor?
Blog lindo!

. disse...

Parabéns pelo texto e pelo Blog!
Pra mim falta muito dessa atitude na vida, se não for por inteiro não vale a pena!
Que blog organizado!! hehe

Camila Spes disse...

Oie!!
Lindas palavras, meninaa!!
Se continuar assim, Futura Clarice Lispector..rs....

gosto muito de poesias e poemass!!
gostaria que vc comentasse no meu blog..estou iniciando e sua opinião é muito importante, pois como percebe-se , você é uma otima escritora...
http://spescami.blogspot.com.br/

M!sunderstood disse...

Linda poesia, com uma pitadinha de ácido.

Adorei ;)

Blogueira disse...

Gostei bastante!

Carlos disse...

O quê posso dizer pra ti Mariana??? Maravilhosa, como sempre!!! :)

Arash Gitzcam disse...

"pois da onde eu vim além do mar só a imensidão me basta"

Interessante. Nos faz pensar melhor antes de começar a escrever uma poesia.

http://poesiadapocacao.blogspot.com.br/

leo disse...

Mais volte sim, pois é necessario tua presença!

Postar um comentário