26 de agosto de 2010

Regras.



Estou sangrando, o mundo está caindo,nada está em seu devido lugar.E eu me arrisquei novamente,em um jogo que ainda não conhecia as regras.Sei que já deveria ter aprendido que o mundo gira,que as horas passam e que as regras nem sempre são as mesmas,mas continuo acreditando na falsa inocência das pessoas,continuo a arriscar,a apostar em cartas e contar as estrelas do céu.Continuo a crer em tudo o que me dizem.E então,continuo a me machucar,mas não me importo,porque as melhores sensações,os melhores sentimentos e momentos não tem regras a serem seguidas,eles são guiados pela intuição e,pela batida do coração.E não por um dúzia de páginas de um manual de instrução.Então continuo a me arriscar nos jogos o qual as regras não sei,porque esses são os melhores, são esses que fazer o coração acelerar e,a vida valer a pena!

obs:escrevi esse texto para participar da 1°edição,texto do Golden Words.
Não ficou muito bom,mas foi o que saiu! *-*

3 comentários:

leo disse...

Parabéns pelo texto.

Ficou interessante.

Beijos

Amanda Rocha disse...

muito bom o texto *-* parabéns, best.

mariaana disse...

Obg Best *-*

Postar um comentário